Monday, April 30, 2007

« Não te posso certamente dar aquilo que não tenho...
e nem sequer aquilo que tenho...
o espaço daquilo que te dou é a infinitésima simplicidade
estética da minha existência.
aquilo que sou resume-se afinal a triologia
olá... mhm... mhm... adeus
são eles a semiotica do meu encontro contigo e com as coisas
é isto que unicamente de mim te posso dar
é so esta a minha mais complexa totalidade...
tudo o resto não passa de um embelezado bocejo
que serve de contexto à co-construção das cenas
de um encontro marcado em três estacões...
Ola... mhm... mhm... adeus. »

autor: óscar F. Gonçalves

1 comment:

verdinha said...

olá..mh mh,,, mhhh mhh... adeus!" merda das conversas de circunstncia!! gostei!!vai charlotte!